Se ter um organismo resistente e com sistema imunológico forte já é importante no dia a dia, em tempos de pandemia isso deve receber ainda mais atenção.

 

O que é sistema imunológico?

O sistema imunológico é aquele que atua para proteger o corpo contra invasoresque possam enfraquecê-lo. Entre eles estão: microrganismos como germes, bactérias, vírus e fungos, parasitas, células cancerígenas e órgãos e tecidos transplantados.

No momento que vivemos, quando estamos expostos à contaminação por um vírus que ainda não é completamente conhecido pelos cientistas, manter o sistema imunológico fortalecido é tão importante quanto se proteger da doença (lavando bem as mãos e evitando ao máximo sair de casa).

Veja mais: Conheça alguns cuidados para evitar o coronavírus

 

Como fortalecer o sistema imunológico?

Manter um estilo de vida saudável, com a inclusão de práticas de atividades físicas na rotina, bons hábitos de higiene, boa qualidade do sono e alimentação balanceada é de extrema importância. No caso dos alimentos, alguns deles podem potencializar essa proteção.

Veja as dicas da Associação Brasileira de Nutrologia (Abran):

 

  • Mantenha-se bem hidratado (em geral, é necessário consumir de 2 a 3 litros de água por dia);
  • Inclua diferentes fontes de vitaminas em suas refeições. Veja:

– Carnes – São boas fontes de zinco;

– Leguminosas e oleaginosas (nozes, amêndoas e castanhas), além de verduras – Fontes de magnésio;

– Castanha-do-Pará – Boa fonte de selênio;

– Queijos, gema de ovo, manga, mamão e cenoura – Ricos em vitamina A;

– Salmão, atum, sardinha, ovos e queijos – Possuem muita vitamina D;

– Fígado, ovos, legumes, brócolis, couve, cereais integrais, leite – Ricos em vitaminas do complexo B.

Veja mais: Conheça o Saúde a Qualquer Hora e cuide do seu bem-estar!

 

Atenção especial a Vitamina D

A Abran destaca que um estudo publicado pela Universidade de Turim, na Itália, indica que a vitamina D pode ser uma grande aliada do organismo durante a pandemia. Isso porque, segundo a pesquisa, os pacientes com diagnóstico positivo na Itália tinham em comum o fato de apresentarem deficiência dessa vitamina.

Isso não significa, no entanto, que a vitamina pode ser usada como uma cura (ainda não há cura para a Covid-19). Mas as evidências mostraram que a presença da vitamina D no organismo nos níveis ideais pode contribuir para a redução dos riscos de infecções respiratórias de origem viral.

Para garantir essas boas doses ao organismo, além de consumir os alimentos ricos no nutriente, é importante se expôr periodicamente à luz do sol (sempre nos horários mais recomendados – antes das 10h da manhã e após 16h), mesmo que seja na varanda, no terraço ou em qualquer outra área da casa que receba um pouco de sol.

Não consuma suplementos de vitamina D por conta própria. Isso pode causar danos à sua saúde, especialmente aos rins.

Confira mais artigos com dicas de saúde e bem-estar aqui no blog!

Compartilhe agora: