Muitas empresas sabem que investir no bem-estar de seus funcionários traz inúmeras vantagens financeiras, uma vez que isso tende a elevar a produtividade dos colaboradores, melhorando o desempenho dos negócios como um todo. Mas os custos associados à cobertura de benefícios de saúde tendem a ser um grande desafio, especialmente para as pequenas e médias empresas (PME’s).

Custos vs retenção de talentos

Outro desafio é manter os valores associados ao seguro saúde acessíveis a todos os funcionários. É preciso encontrar um equilíbrio entre os custos administrativos e os valores dedutíveis.

Para tornar o cenário ainda mais dramático, as PME’s disputam talentos com grandes corporações que lançam mão de programas de trainees, bônus por desempenho e bolsas de estudos para atrair para seus escritórios as novas gerações.

Soma-se a isso o fato de que muito provavelmente a atual pandemia impactou o orçamento da sua empresa, certo? Calma.

A telemedicina para empresas tornou mais viável o investimento em programas de saúde corporativa realmente eficientes. Afinal, ela tem tornado mais fácil vários processos e permitido que mais pessoas recebam cuidados médicos, economizando tempo e dinheiro.

Veja mais: Teleorientação e teleconsulta: qual a diferença?

Quais os benefícios práticos da telemedicina para empresas

Essa modalidade de atendimento foi reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) há pouco mais de um ano no Brasil diante do contexto da pandemia da COVID-19 com o objetivo de aliviar a superlotação dos hospitais e prontos-socorros e evitar aglomerações desnecessárias em clínicas e consultórios. Veja suas vantagens:

1. Conveniência

Para os colaboradores da sua empresa, a maior vantagem desse tipo de serviço é a comodidade. As ferramentas de telemedicina permitem que as pessoas realizem as consultas de suas próprias casas.

Pensando na quantidade de pessoas que precisam se deslocar para outras regiões para passarem por consultas, essa é a garantia de que os pacientes serão atendidos rapidamente onde quer que estejam desde que tenham acesso à internet.

2. Agilidade

Para as empresas, a rapidez com que o atendimento é oferecido garante um menor afastamento do colaborador do posto de trabalho. Um funcionário que trabalha remotamente, ou em home office, pode levar cerca de 20 minutos para passar por uma consulta por telemedicina e retomar suas atividades na sequência.

3. Baixo custo

A supervisão médica remota não exige uma infraestrutura tão robusta quanto a ambulatorial e hospitalar, o que diminui uma série de despesas quando comparada ao serviço convencional.

Além do mais, a utilização da telemedicina pode ajudar empresas a reduzirem custos com a sinistralidade de planos de saúde convencionais, caso eles também sejam oferecidos aos funcionários.

Leia também: Qual a relação entre a sinistralidade médica e a variação dos custos?

Vantagens adicionais

Além dos itens já citados, esse tipo de atendimento também traz benefícios, como:

• Acesso a especialistas;

• Redução dos tempos de espera para passar em consulta, que vai desde a marcação até o atendimento;

• Facilidade para a consulta e acompanhamento do quadro clínico de idosos com dificuldade de locomoção.

Qualidade no atendimento

Os recursos on-line permitem que os profissionais de saúde não precisem se preocupar com algumas etapas do atendimento, sem trazer prejuízos para a qualidade do serviço prestado. Eles garantem maior rapidez para o trabalho do médico, que pode passar mais facilmente de um atendimento para outro quando tudo acontece no ambiente virtual. O resultado final é um número maior de colaboradores atendidos em um tempo muito menor do que pelos métodos tradicionais e com a mesma seriedade empregada nos atendimentos presenciais.

Além disso, as ferramentas atuais também permitem troca de informações e opiniões exclusivamente entre médicos, para auxílio diagnóstico, terapêutico, clínico ou cirúrgico, o que é importante, principalmente em se tratando de casos mais complexos.

Leia também: O que é jornada do paciente e qual importância?

Os serviços à distância são seguros e precisam atender a normas éticas e de compliance estabelecidas pelo CFM. Isso garante que os processos básicos ligados à saúde, como prescrição de medicamentos, acompanhamento e consultas não parem, e ainda possibilitam a emissão de receitas eletrônicas que o paciente pode receber diretamente no celular. Assim, é possível manter tanto profissionais quanto pacientes isolados, sem comprometer procedimentos essenciais ao bem-estar.

Consulta anual de rotina

Fazer consultas anuais de rotina e realizar os exames prescritos pelo profissional de saúde é uma boa forma de prevenção. A partir desse “check-up” (que fica sob responsabilidade de cada paciente), já com os exames em mão, é possível contar com a experiência de nossos profissionais para avaliar os resultados e tirar dúvidas, tudo on-line, de forma rápida, segura e eficiente!

Faça uma cotação agora mesmo

Compartilhe agora: